TravelBI
Home / Mercados / Canadá
Última atualização: julho 2024

CANADÁ

Perfil do mercado

População e caracterização socioeconómica

O Canadá tinha, em 2023, 40,10 milhões de habitantes e estima-se que, em 2028, atinja os 42,29 milhões.

Em 2023, o Canadá foi a 10.ª maior economia a nível mundial de acordo com os dados da GlobalData Macroeconomic.

Dimensão e caracterização do turismo para o estrangeiro

O Canadá posiciona-se como o 8.º maior mercado emissor de turistas a nível mundial, tendo gerado 35,6 milhões de viagens em 2023, o que representa uma quota de 2,4% do total da procura turística mundial, de acordo com os dados da Globaldata.

Em 2020, registou-se uma quebra de 75,8% em resultado da pandemia, e consolida-se esta tendência no ano seguinte, onde se registou um decréscimo de 40,9% em 2021. Em 2022, as saídas de turistas do Canadá para o estrangeiro registaram um crescimento expressivo (+364,6%) face ao ano anterior, e em 2023 o aumento foi mais comedido na ordem de 44,8%, mas apresenta ainda um nível inferior ao registado em 2019 antes da pandemia (-3,9%). Cerca de 17,0% do total dos fluxos de outbound estão concentrados no continente europeu.

O Canadá posiciona-se como o 6.º maior mercado emissor de turistas a nível mundial, tendo gerado 34,2 milhões de viagens em 2023, o que representa uma quota de 4,0% do total da procura turística mundial, de acordo com os dados da Globaldata.

TOP 10 destinos | 2023: EUA (quota: 59,4%), México (6,6%), Reino Unido (2,9%), Itália (2,8%), Cuba (2,8%), França (2,5%), República Dominicana (2,3%), Portugal (1,7%), Espanha (1,5%) e Índia (1,2%). Segundo dados da Globaldata, em 2023, 52,3% das viagens ao exterior realizadas pelos turistas canadianos foram por via aérea, 47,1% reportaram a viagens por via terrestre e 0,6% por viagens marítimas.

A estada média no estrangeiro foi de 9,8 dias. Os turistas do Canadá que viajam em casais, família, em grupo e individuais concentraram uma quota de 44,5%, 20,5%, 20,2% e de 14,7%, respetivamente, do total das viagens para o estrangeiro. Nesse ano, a faixa etária dos 50 aos 64 anos é a mais representativa (quota 33,7%), seguida da faixa 35-49 anos (24,0%).

A motivação Lazer nesse ano concentrou 81,1% do total das viagens dos residentes canadenses ao estrangeiro (inclui Lazer e Visit Friends and Relatives) seguida pela motivação de negócios que concentram uma quota de 10,7%.
Em termos globais de sazonalidade, as deslocações dos residentes do Canadá no estrangeiro distribuem-se em: época alta (julho a setembro) com 27,8%, época baixa (janeiro, fevereiro, março, novembro e dezembro) com 39,2% e época média com 33,0%.

Em 2023, os gastos totais no estrangeiro por parte dos turistas com origem no Canadá registaram um aumento significativo de 236,8% em 2022, e um crescimento na ordem de 42,6% em 2023 face ao ano anterior, observa-se já um nível superior ao registado em 2019 (+2,1%). 

Os gastos no exterior com o Retalho registaram a quota de mercado mais elevada (33,0%), seguido dos gastos com o Transporte (22,7%), Alojamento (15,1%) e da Restauração (12,5%). O gasto médio diário de viagem per capita foi de 142,9 USD.

Dimensão do mercado em Portugal

Em 2023, o Canadá posicionou-se como o 10.º mercado turístico da procura externa para o destino Portugal aferido pelo indicador dormidas (quota 2,7%) e ocupou o 9.º lugar para o indicador hóspedes (quota 3,3%).

Nesse ano, as dormidas dos turistas provenientes do Canadá em Portugal registaram um acréscimo de 56,9% e os hóspedes um aumento de 54,5% face ao ano anterior, totalizando 593,8 mil hóspedes que geraram 1.472,0 mil dormidas. 
Observa-se igualmente um acréscimo nas receitas turísticas em 2023, na ordem dos 45,9% face ao ano de 2022, que se situaram em 4587 milhões de euros, posicionando-se no 11.º lugar (quota: 2,3%). 

Comparando o ano de 2023 face ao ano de 2019 antes da epidemia, os valores são superiores nos indicadores dos hóspedes, dormidas e nas receitas turísticas, onde se observou um acréscimo de 55,9%, 49,5% e 81,7%, respetivamente.

No indicador dormidas, Grande Lisboa é o principal destino nacional dos turistas provenientes do Canadá que visitam Portugal (39,6%), seguido do Algarve (24,6%), Norte (16,3%), Açores (7,1%), Madeira (4,3%), Oeste e Vale do Tejo (2,6%), Alentejo (2,4%), Centro (2,3%) e Península de Setúbal (0,8%).

Este foi o panorama verificado no final do ano de 2023:

 

Perspetivas

As projeções mais recentes do FMI indicam que a economia do Canadá registe um crescimento de 1,1% em 2023, não obstante a atual conjuntura internacional ser desfavorável, em particular com os conflitos na Ucrânia e no Médio Oriente, o aumento dos custos energéticos e de outras matérias-primas e bens intermédios, e perspetiva-se para os anos de 2024 e 2025, um crescimento na ordem de 1,4%, e 2,3%, respetivamente.

De acordo com a GlobalData, entre 2024 e 2028, as partidas internacionais dos turistas do Canadá para o estrangeiro devem crescer a um CAGR de 5,8%, para chegar a um total de 48,5 milhões de partidas em 2028. Os gastos dos turistas do Canadá no exterior deverão aumentar a um CAGR de 10,4% para o mesmo período.

Segundo a OAG Scheludes Analyser considerando a temporada de verão de 2024 (1 de abril a 30 de setembro de 2024) face à de 2023, foi o seguinte o número de lugares aéreos disponíveis do Canadá para os principais destinos europeus: Reino Unido: 1,3 milhões de lugares (+7,9%), França: 1,2 milhões de lugares (+8,1%), Alemanha: 850 mil lugares (+9,6%), Itália: 505 mil lugares (+38,3%), Portugal: 390 mil lugares (+28,0%) e Espanha: 310 mil lugares (+37,6%).

De acordo com as pesquisas de voos da Google Destination Insights reportadas ao 1.º trimestre de 2024 em termos do número de pesquisas nos principais mercados europeus, Reino Unido concentra uma quota de 5,1%, França (3,3%), Portugal (2,5%), Itália (2,2%), Espanha (1,3%) e Alemanha (1,0%), a Europa concentra um total de 17,1% de quota.

De acordo com os dados da Forwardkeys, as previsões dos voos em termos de passageiros com origem no mercado canadiano para Portugal reportadas ao período de junho a novembro de 2024, apontam para um acréscimo de 14,5% face ao período homólogo anterior.

Os dados da Forwardkeys indicam que no período reportado de 19 de junho de 2023 a 16 de junho de 2024, Portugal posicionou-se como 11.º destino de turistas de outbound do mercado canadiano (Taxa de crescimento +32,8%; quota de 1,6%; 290 688 turistas).

Lisboa posiciona-se no 20.º lugar em termos de cidades (Taxa de crescimento +30,3%; quota de 1,1%; 205 811 turistas), Porto no 89.º lugar em termos de cidades (Taxa de crescimento +34,5%; quota de 0,2%; 39 005 turistas) e Ponta Delgada no 134.º lugar em termos de cidades (Taxa de crescimento +67,6%; quota de 0,1%;23 035 turistas).

Neste período, as principais companhias aéreas que transportaram turistas canadenses para Portugal foram: Air Transat (quota 38,2%), Air Canada (quota 30,6%) TAP Air Portugal (16,8%) e Sata International (quota 9,6%). 

O Turista canadiano registou uma permanência média de 17,1 noites em Portugal: Estadia 1-3 noites (3,2%), 4-7 noites (26,2%), 2 semanas (39,3%), 3 semanas (14,5%) e mais de 4 semanas (16,8%), por sua vez a motivação Lazer concentrou (96,4%) e os Negócios (2,6%).

A principal cidade de origem dos fluxos turísticos para Portugal foi Toronto (quota de 54,5%), seguido de Montreal (28,9%), Vancouver (4,5%), Calgary (2,0%), Ottawa (1,8%), Halifax (1,4%) Quebec (1,3%), Edmonton (1,3%) e Winnipeg (1,2%).

De acordo com as estimativas do INE (maio 2024), nos primeiros cinco meses de 2024 face aos meses homólogos anteriores, o mercado do Canadá é o que regista o crescimento mais elevado (+24,2%).

 

Notícias de mercado

Fortes sinais de recuperação para viagens e turismo no Canadá

O setor deve contribuir com 162,6 mil milhões USD para a economia canadiana para este ano, um aumento de 17,2% em relação ao ano passado e a uma curta distância do pico anterior que atingiu 173,9 mil milhões USD em 2019. O WTTC também prevê que o Turismo crie 90.000 empregos este ano, recuperando quase todos os empregos perdidos devido à pandemia de COVID-19 para chegar a 1,64 milhão. Os níveis de emprego também estão a uma curta distância do ponto mais alto de 2019.

19.05.2023 - www.wttc.org

Turismo no Canadá vai recuperar significativamente em 2023

O valor gasto realizado por turistas estrangeiros no Canadá aumentou 64%, ascendendo a 23 mil milhões USD no ano passado. Estima-se que os gastos deste ano se aproximem dos 43 mil milhões USD dos gastos registados em 2019. A WTTC prevê que a indústria do turismo aumentará significativamente o PIB do Canadá, contribuindo com mais de 238 mil milhões USD até 2033. Espera-se que esse setor responda por 7% do PIB do país e ofereça oportunidades de emprego para 2,1 milhões de canadianos.

17.05.2023 - www.touris-review,com

Air Transat reforça ligações de verão entre Portugal e o Canadá

A Air Transat já lançou o seu programa de voos para o verão, que conta com um reforço de ligações entre Portugal e o Canadá, com a companhia aérea a prever operar até 18 voos diretos por semana, já a partir do início de maio. Existirão até 18 voos diretos por semana, incluindo voos diretos de Lisboa e Porto para Toronto e Montreal, e de Faro para Toronto, juntamente com voos de conexão para o Quebec, Calgary e Vancouver, indica a Air Transat No caso de Lisboa, estão previstos cinco voos por semana para Montreal e outros cinco via Toronto, assim como quatro voos semanais para o Quebec via Montreal. Já Toronto vai contar com cinco voos diretos por semana, aos quais se juntam outros cinco via Montreal. Para Calgary e Vancouver, há ainda seis voos por semana para ambos os destinos, via Montreal. No caso do Porto, a Air Transat vai disponibilizar três voos diretos por semana e outros quatro via Toronto, enquanto para o Quebec estão previstos três voos por semana, via Montreal. Já para Toronto, há ainda quatro voos diretos e três via Montreal por semana, enquanto Calgary e Vancouver contam, ambos, com três voos por semana, via Montreal. Além de Lisboa e Porto, a companhia aérea canadiana voa também, este verão, entre Faro e Toronto, com um voo por semana, enquanto Montreal é servida uma vez por semana, via Toronto.

Publicações

Próximos Eventos

Sem próximos eventos
Inês Almeida Garrett

Inês Almeida Garrett

Coordenadora da equipa no mercado

Info.Canada@turismodeportugal.pt